processos

Processos apoiados no sistema SAP

Com os módulos de solução KPS, os principais processos de registro e enriquecimento de dados previamente adquiridos podem ser mapeados, com o objetivo de processar documentos de forma mais específica e configurar processos individualmente de acordo com o tipo de documento e grupo contábil.

 

Registro de Faturas (FI/MM)


Faturas fiscais digitais ou analógicas em qualquer formato podem ser digitalizadas, automaticamente reconhecidas e validadas pelo histórico de dados do SAP (como por exemplo, com a solução KPS OCR). Os dados de entrada dos documentos correspondentes no XML (z.Bsp. ZUGFeRD), PDF ou outros modelos são transferidos para o SAP (Conector ERP KPS). Simultaneamente à transferência de dados para o classificador no SAP, os documentos são armazenados por meio da interface de um link de arquivos do mesmo. Para realizar a checagem, o crescimento e a conclusão dos documentos, um aparelho com SAP, FIORI, WEB ou smartphone pode ser usado. Durante o processo, todos os novos documentos adicionados são arquivados e vinculados ao objeto SAP. Além disso, o classificador gera um log de processo, que também é arquivado e vinculado

Registro de Entrada de Ordem do Cliente (SO)


As ordens de clientes analógicos ou digitais, em qualquer formato, são digitalizadas, reconhecidas e validadas automaticamente usando os dados mestre do SAP (por exemplo, com a solução OCR KPS). Os dados de entrada dos documentos no XML (por exemplo, ZUGFeRD), PDF ou outro formato são transferidos automaticamente para o Classificador no SAP (KPS ERP Connector). Simultaneamente com a transferência de dados para o classificador no SAP, os documentos são armazenados por meio da interface SAP “ArchiveLink”. Para verificar, complementar e concluir os dados do documento, uma interface SAP, FIORI, WEB ou dispositivo móvel pode ser usada. Durante o processo, todos os documentos adicionados são arquivados e vinculados à Ordem do Cliente do SAP. Além disso, o classificador gera um log de processo no final, que também é arquivado e vinculado.

Registro de Pedidos de Compras (PR)


O processo prevê registros de pedidos de compra na web e os verificam, contabilizam e liberam por meio do SAP ou WEB. Para o encerramento, é possível fazer um pedido de compra MM. Como alternativa, o processo pode ser encerrado com a criação de um SAP / BANF ou sem referência ao módulo SAP MM, e o ID da Solicitação de Compras pode ser integrado no processo de entrada e aprovação das Faturas FI. Durante o processo, todos os documentos adicionados são arquivados e vinculados com a ordem SAP / BANF. Além disso, o classificador gera um log de processo no final, que também é arquivado e vinculado

Registro de Recibo de Entrega (DN)


Os recibos de entrega digitais ou analógicos, em qualquer formato, são digitalizados, reconhecidos e validados automaticamente usando os dados mestre do SAP (por exemplo, com a solução OCR KPS). Os dados de entrada dos documentos no XML, PDF ou outro formato são transferidos automaticamente para o Classificador no SAP (KPS ERP Connector). Simultaneamente com a transferência de dados para o classificador no SAP, os documentos são armazenados por meio da interface SAP “ArchiveLink”. Para verificar, completar e preencher os dados do recibo de mercadorias, pode ser utilizada uma interface SAP, FIORI, WEB ou dispositivo móvel. Durante o processo, todos os documentos adicionados são arquivados e vinculados ao documento de material do SAP. Além disso, o classificador gera um log de processo no final, que também é arquivado e vinculado.

Registro de Despesas de Viagens (TE)


As despesas de viagem podem ser registradas por meio da interface de usuário SAP, FIORI, WEB ou dispositivo móvel, e podem ser complementadas pelo usuário durante um período de tempo. Estas interfaces também podem ser usadas para verificar, completar e preenchimento destas despesas. É possível que os dados dos custos de viagem sejam transferidos para o módulo SAP HR (PR05) ou seja feito um lançamento FI direto. Durante o processo, todos os documentos adicionados são arquivados e vinculados ao SAP Travel Expense Object. Além disso, o classificador gera um log de processo no final, que também é arquivado e vinculado.

Registro de Retornos (RT)


Um lançamento de retorno no SAP (MIGO – Tipo de movimento 161, por exemplo) gera automaticamente um ID de retorno do Classifier no Classificador para garantir, com o auxílio de um processo de fluxo de trabalho, que um memorando de crédito é transmitido pelo fornecedor e publicado de acordo. No processo de fluxo de trabalho, várias etapas, como a transmissão automática de FAX / e-mail de uma solicitação de nota de crédito ao fornecedor, bem como as verificações de preços e as reservas automáticas de notas de crédito, podem ser integradas na conta de dados do fornecedor.
Durante o processo, todos os documentos adicionados são arquivados e vinculados ao documento de material da SAP. Além disso, o classificador gera um log de processo no final, que também é arquivado e vinculado.

Registro de Parceiros de Negócios (BP)


Para a entrada de novos fornecedores ou devedores, um sub-workflow pode ser iniciado durante a entrada de faturas ou pedidos de vendas. O processo permite que os dados mestre faltantes sejam inseridos, verificados e liberados para um documento recebido. Após a conclusão do processo de entrada do parceiro de negócios, os processos recebidos de fatura ou de entrada da ordem do cliente, que se encontravam em formato de espera, são automaticamente enviados e “reativados” com os dados mestres previamente inseridos.
Durante o processo, todos os documentos adicionados são arquivados e vinculados ao registro mestre do fornecedor SAP / cliente. Além disso, o classificador gera um log de processo no final, que também é arquivado e vinculado.

Para informações mais detalhadas entre em contato conosco.